Últimas Notícias do Programa Mais Médicos

220719 hivmexico22 de julho de 2019 – A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e diretora regional para as Américas da Organização Mundial da Saúde (OMS), Carissa F. Etienne, destacou que a inovação científica tem garantido um progresso sem precedentes contra o HIV/aids, todavia instou os países a repensarem a resposta para pôr fim à epidemia.

tabaco fumaca caveiras shutterstock thetor p25 de julho de 2019 – A epidemia de tabaco é uma das maiores ameaças à saúde pública que o mundo já enfrentou, sendo responsável pela morte de mais de 8 milhões de pessoas por ano, sendo 1 milhão delas na Região das Américas. Muitos países, como o Brasil, têm alcançado progressos significativos, mas a indústria do tabaco continua agindo para mitigar esses esforços. Esse foi um dos temas abordados nesta quinta-feira (25), no Rio de Janeiro, em um seminário com organismos internacionais, governo brasileiro e sociedade civil.

260719 heptitiswho26 de julho de 2019 – Às vésperas do Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais (28 de julho), a Organização Mundial de Saúde (OMS) insta os países a aproveitarem as recentes reduções nos custos de diagnóstico e tratamento das hepatites virais e aumentarem os investimentos para a eliminação dessas doenças.

260719 relatoriotabacofinal26 de julho de 2019 – Muitos governos têm alcançado progressos significativos na luta contra o tabaco, com 5 bilhões de pessoas vivendo atualmente em países que introduziram medidas de controle de tabaco, embalagens com imagens chocantes de advertência sanitária e outras medidas eficazes contra o tabaco, o que representa quatro vezes mais pessoas do que há uma década. No entanto, um novo relatório da OMS revela que muitos países ainda não estão aplicando adequadamente políticas capazes de salvar vidas, incluindo a ajuda às pessoas que querem parar de fumar.

MedTrop201928 de julho de 2019 – A Organização Mundial da Saúde (OMS) apresentou neste domingo (28), em Belo Horizonte, um panorama do novo roteiro 2021-2030 de controle, eliminação ou erradicação de 20 doenças tropicais negligenciadas. A palestra foi dada na abertura do MEDTROP-PARASITO 2019, evento que deve reunir 3 mil pessoas até 31 de julho, entre pesquisadores, cientistas, profissionais de saúde e estudantes.

Páginas